rafael_vilanova

Ensaio 01 (Opcional) 02 de Março de 2018

Critério e subjetividade

As áreas da ciência natural que estudam fenômenos e processos históricos tem muito mais problemas e dificuldade em relação às que estudam fenômenos e processos mecanicistas devido (entre tantas coisas) aos critérios subjetivos adotados pelos pesquisadores. Áreas cujo enfoque é mecanicista-cartesiano enfrentam problemas menores para apresentar hipóteses objetivas. Apesar de a subjetividade ser uma característica intrínseca ao trabalho do pesquisador, é fundamental que todo esforço seja feito na direção de aumentar as garantias de objetividade na investigação.

Comentários por Beatriz Alves Braz

Achei a primeira frase um pouco confusa. Senti que algumas questões foram levantadas mas não foram levadas a diante. Eu mudaria o "(entre tantas coisas)" para "principalmente aos". O restante do parágrafo foi conciso e trouxe a ideia que o Rafael queria passar sobre a importância da objetividade, porém poderia ter sido mais aprofundado para convencer melhor o leitor.

Ensaio 02 - 09 de Março de 2018

Probabilidade e materialismo histórico

A construção de árvores filogenéticas é uma forma de descrever processos históricos (estes processos não são probabilísticos), mas dentre as técnicas de investigação taxonômicas estão presentes modelos probabilísticos. Apesar da aparente discrepância (fenômenos históricos não são explicados pela probabilidade), explicar um processo histórico com modelos probabilísticos é uma maneira de acrescentar garantias matemáticas à hipótese.

Comentários por Felipe Simões

Argumento foi apresentado de forma clara e concisa. Porém, premissas que não necessariamente serão aceitas pelo leitor foram estabelecidas sem justificativas (exemplo: processos históricos não são probabilísticos).

Ensaio 03 - 16 de Março de 2018

Propriedades emergentes e reducionismo

Dentre as muitas limitações que um pesquisador pode enfrentar para desenvolver sua pesquisa, estão presentes limitações técnicas, metodológicas e filosóficas. Não são raros os casos de pesquisas com viéses que levam a erros de interpretação, como caso de entidades biológicas que são classificadas por alguns pesquisadores como amebas, por terem estudado estes organismos em vida livre, enquanto que outros pesquisadores classificam estas mesmas entidades como fungos, por terem estudado somente a fase gamética e sua estrutura reprodutiva. Entender que fenômenos naturais são explicados não somente pela soma das suas partes reduzidas, mas também pelas suas propriedades emergentes é fundamental para compreender a totalidade do fenômeno, evitando alguns viéses de interpretação.

comentario Júlia:
- a frase inicial poderia ser escrita de um jeito mais direto, tipo assim: Limitações técnicas e metodológicas são exemplos de problemas enfrentados por pesquisadores durante a pesquisa.''
- frases muito grandes, da pra desmembrar e frases menores.
- você explicou com um exemplo, seria legal explicar a ideia geral e depois dar um exemplo pra ficar melhor.
- a conclusão fecha o tema apresentado no inicio, isso é bom!

Ensaio 04 - 23-03-2018

Positivismo lógico e viés da confirmação

A produção do conhecimento científico está sujeita às mesmas tendências da cognição humana, especialmente o viés da confirmação que resulta em positivismo lógico. As pessoas tendem a aceitar facilmente informações que confirmam as suas crenças prévias, na mesma medida que tendem a rejeitar qualquer informação que contradiga suas crenças prévias. A consequência desta característica humana gera impactos na produção do conhecimento… continua.

Comentário(Arthur A. / Felipe S.)
O texto curto abordou de forma talvez muito rasa vários assuntos científicos relativos a cognição, e nenhum desses tópicos foi explicado ou mais profundamente justificado dentro do texto. Talvez fazer um texto com menos tópicos complexos e explica-los pode ser mais apelativo ao Logos do leitor, ao invés de seguir o padrão de escrita tipica de materiais didáticos, como o professor comentou. A conclusão ficou vaga. Os impactos citados ficaram subentendidos. O uso do termo "continua" também parece inadequado para uma resenha que tem que ter começo, meio e fim. Se o "continua" foi por causa da dor de cabeça, desconsidere o final.

Ensaio 05 - 20-04-2018

Agroecologia e sustentabilidade

Alternativas de exploração econômica ecologicamente sustentáveis se tornaram necessidades imperativas atualmente. No momento em que vivemos, onde a atividade humana tem gerados impactos pesados e muitas vezes irreversíveis no meio ambiente, como colapso de ecossistemas e extinção de várias espécies, o velho modo de exploração econômica precisa ser revisto. Enquanto algumas propostas de preservação defendem excluir a atividade humana de determinadas áreas sensíveis, a agroecologia é uma proposta que defende a inclusão do humano no ambiente a ser preservado, tendo o próprio humano como principal agente da preservação, pois a atividade agroecológica tem capacidade de produzir riqueza em conjunto com práticas ecológicas de preservação de florestas e mananciais. A agroecologia é uma forma de manter o humano no meio rural sem deteriorar as condições ambientais.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License